Lançamentos de Maio - Editora Novo Conceito

Quem veio trazer as novidades da Editora desta vez é a Alissa de O Lado Mais Sombrio, que "invadiu" a página para mostrar para vocês as novidades deste mês de maio. E se você não viu os lançamentos de Março e Abril, basta clicar aqui.
 
Boneca de Ossos - Holy Black
POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...

O Retrato - Charlie Lovett
Um livro para aqueles que amam os livros. 1995. A morte precoce de Amanda Byerly foi um golpe duro, que encheu de tristeza o coração de seu marido, Peter. Mais introspectivo do que nunca, ele decide deixar os Estados Unidos e se instalar na Inglaterra, onde passa a se dedicar à recuperação e à negociação de livros raros. Em um de seus dias de pesquisa solitária, Peter se depara com o retrato de uma jovem muito parecida com sua amada esposa, guardado dentro de um livro. A semelhança impressiona, mas a aquarela foi pintada há muito, muito tempo. Trilhando um sinuoso caminho entre a era vitoriana e o final do século XX, Peter passa a investigar a origem do misterioso retrato. As pistas acabam por levá-lo a se envolver em um mistério histórico: uma obra perdida do dramaturgo William Shakespeare. "O Retrato" é uma fascinante mistura de suspense e paixão que nos convida a viajar no tempo, no rastro de histórias sobre livros.

Os Solteiros - Meredith Goldstein
Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abando- nou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da facul- dade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor. 

A Rosa da Meia Noite - Lucinda Riley
Abrangendo quatro gerações , The Midnight Rose varre dos palácios brilhantes das grandes marajás da Índia para as majestosas mansões da Inglaterra , depois da extraordinária vida de uma garota notável , Anahita Chaval , de 1911 até os dias atuais . . . No auge do Raj britânico , onze anos de idade, Anahita , de uma família nobre, mas empobrecida , forma uma amizade ao longo da vida com a teimosa Princesa Indira , filha privilegiada da realeza indiana. Como companheiro oficial da princesa, Anahita acompanha seu amigo para a Inglaterra , pouco antes da eclosão da WorldWar I. Lá, ela conhece jovem Donald herdeiro Astbury relutante ao magnífico , remoto Astbury Estate- e sua mãe conspirações. Noventa anos depois , Rebecca Bradley, uma jovem estrela de cinema norte-americano, tem o mundo aos seus pés. Mas quando sua relação turbulenta com o namorado igualmente famoso toma um rumo inesperado , ela está aliviada por seu último papel , jogando uma debutante de 1920, vai levá-la para longe do brilho da publicidade para um canto distante do campo Inglês . Pouco tempo depois das filmagens começa no agora desmoronando Astbury Hall, Ari Malik, bisneto de Anahita , chega inesperadamente , em uma missão para o passado de sua família. O que ele e Rebecca descoberta começa a desvendar os segredos sombrios que assombram a dinastia Astbury . . . Um conto de múltiplas camadas, de partir o coração cheio de personagens inesquecíveis capturados na varredura da história, The Midnight Rose é Lucinda Riley em seu mais cativante e inesquecível.

Um Herói para Ela - Lu Piras
Bianca sempre quis ser roteirista de cinema. Para realizar seu sonho, ela sai do Brasil para estudar na famosa New York Film Academy. Em meio às emoções da nova vida na Big Apple, um rapaz misterioso acaba salvando a vida de Bianca em duas situações diferentes. Tudo o que ela sabe é que o seu herói tem no braço uma misteriosa tatuagem. Sem pistas sobre o seu protetor, ela é convidada para um show da banda The Masquerades, cujos componentes escondem os rostos atrás de máscaras. Uma rosa branca cai sobre o seu colo, arremessada pelo vocalista. Decidida a desvendar a identidade do mascarado, Bianca invade o camarim da banda. A surpresa que a aguarda por trás daquela porta poderá mudar o seu destino. Uma história cheia de humor e romance.

#Resenha: Primeiro Amor - James Patterson

Como prometido, estarei postando resenha dos livros e enquanto não ler todos e resenhá-los eu não irei me afastar totalmente do blog. :) Desta vez eu trago James Patterson, lançamento do mês de Abril.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
Autores: James Patterson & Emily Raymond | Titulo: Primeiro AmorISBN: 9788581633909
Selo: Novo Conceito | Ano: 2014 | Número de páginas: 240
Assuntos: FICÇÃO / ROMANCE 
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

❝Sinopse: Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
 
James Patterson já havia me conquistado quando escreveu "Bruxos e Bruxas" que também foi lançado pela Novo Conceito, mas é a primeira vez em que leio um romance escrito por ele, e de alguma forma conseguiu me conquistar como nunca. Não só pela forma com que ele escreve e descreve cada detalhe como se ele dependesse disso, mas como me fez chorar como uma criança.

Em "Primeiro Amor" conhecemos o verdadeiro amor que cresceu de uma amizade, coisa que hoje em dia é quase proibido, e com várias desculpas de que se pode acabar uma amizade entre um homem e uma mulher se algum deles se apaixonar perdidamente pelo outro. Mas James nos mostra como tudo pode ser diferente, inclusive o nosso ponto de vista. Axi Moore ou Alexandra é uma garota diferente de qualquer outra, boa filha, estudiosa, e segue tudo na risca, mesmo com seu passado complicado e quebrado. Um pai que se tornou alcoólatra após a mulher abandonar o lar e deixá-lo com uma filha adolescente que tenta entender isso, mas a única pessoa que entende tudo o que ela passa e sempre esteve ao seu lado é Robinson.

Um garoto rebelde que aparenta ter a mesma idade que ela - entre seus 16 e 17 anos - que abandonou a escola por vários motivos, mas o verdadeiro a gente só descobre no final do livro, e nos surpreende. E que vive sozinho naquela cidade pequena aonde tudo acontece, até que um dia Axi resolve fugir, ou melhor, criar um roteiro e fugir com seu melhor e único amigo. Não só em busca de aventuras, mas aproveitar cada momento que ela foi capaz de perder com alguém que ela considera importante, e que faria valer a pena, não só quebrar as regras, mas quebrar também aquela fama de garota certa e perfeita, coisa que ela deixou bem claro não ser.

No meio disso tudo, conhecemos vários roteiros, cada parte em que eles dois passam, conhecem e James introduz no livro cada detalhe de todo o lugar, e nos faz entrar no meio dessa cena, fazendo com que nos sentimos especiais e eu me senti assim. É uma aventura sem fim, claro, tem um fim, mas é emocionante e é de cortar o coração perceber que Axi e Robinson puderam demorar tanto para se entregarem a algo tão forte e intenso. Não só por eles serem o oposto um do outro, mas a amizade deles também é muito boa, cumplicidade e etc.

Axi adora livros, o que me fez adorar ela ainda mais, adora ficar citando trechos de livros enquanto Robinson seu melhor amigo não faz ideia do que ela faz mais ainda assim, acredita que um dia será capaz de ler um livro escrito por ela, contando somente as coisas boas, mesmo que as ruins façam a diferença na nossa vida e em determinados momentos. Eles infelizmente não tendem a ter consciência do perigo e o risco de toda essa viagem e se esquecem de quem realmente poderia estar preocupado com ambos, e nem posso colocar a culpa na adrenalina, porque também seria capaz de fazer isso sem problema algum. O livro traz uma narrativa intensa, emotiva e diferenciada de qualquer outro livro voltado para o público jovem. Ambos os personagens são encantadores e transmitem uma simplicidade e harmonia que faz a leitura se tornar mais fácil - mesmo com alguns diálogos inteligentes demais e que lembrem os livros do John Green -.
 

Envolvente, emocionante, traz na bagagem uma lição de vida muito linda, e que eu andava precisando ler e sentir. Inspiradora, do inicio ao fim. No final das contas eu marquei o livro todo com quotes perfeitas e que se fosse por mim, colocaria cada uma delas aqui, mas por hora, te recomendo apenas a ler ele, e entender o que eu quero dizer.

Vocês vão adorar com certeza.
 
Nota Final: 
 

Sobre blog, desvinculo e felicidade.


Se você esta lendo este texto é porque te chamou a atenção, e também porque deseja saber o motivo disso tudo. Ok, vou começar a me explicar porque eu queria fazer isso já algum tempo, só não achava a forma certa pra realizar tal processo, mas espero que entendam, é meio que temporário, e eu entendo isso, porque eu sou assim.

Tenho o NPDL já faz exatamente dois anos e alguns meses, e desde o início eu queria provar para mim mesma que seria capaz de UMA vez na vida, manter algo, e vejam só? Me surpreendi ao perceber o quanto durou e o quanto eu estive feliz neste tempo todo. Conhecendo gente nova, recebendo comentários, seguidores e vendo o meu blog crescer pelo menos uma vez na vida, só que quando eu o havia criado, era tudo novidade, era tudo perfeito, um conto de fadas, até se tornar algo cansativo e monótono. Bobeira minha? Não sei, mas eu precisava de uma coisa: Tempo.
Tempo pra mim e para as minhas coisas, porque embora eu tenha duas vidas, uma virtual e outra totalmente real onde as coisas eu POSSO fazer acontecer se eu permitir, no virtual é diferente, é surreal e impressionante, e eu adoro essa sensação. Foi emocionante durante todo este tempo de blog, ver agora os posts publicados e perceber como tudo mudou e eu cresci é tão...bom.

Tenho me sentido muitíssimo feliz durante estes dias, tenho mudado muita coisa na minha vida agora com dezoito anos, e era exatamente disso que eu precisava...novidade além do tempo. Tenho sido feliz, brigado e sido persistente por aquilo que me faz bem - não que o blog não tenha me feito feliz - e que vai me fazer crescer mais e mais. Por isso, venho comunicar a todos que o blog estará sendo desativado.

Por quanto tempo? Ainda não sei, talvez até eu conseguir juntar as duas vidas e ver que vale a pena ter toda essa sensação virtual de novo.

Ah, e eu me desvinculei da Editora Novo Conceito, da qual eu agradeço muito a paciência pela minha lerdeza na parte da leitura. Mas neste tempo todo em que fui parceira dela, recebi livros maravilhosos, conheci outros blogueiros mesmo que por aqui e aprendi muita coisa, inclusive a amar mais e mais a arte da leitura. Coisa que eu continuo fazendo só que com mais calma e sem pressão. Espero que me entendam, porque eu quero que vocês vejam meu ponto de vista, ok? Sei que para alguns não vai fazer diferença, maaaaas a minha parte eu fiz e estou fazendo.

Sendo feliz e sendo eu mesma, o que eu tive a chance de aprender muito por aqui. :)

Obrigada a todos por estes dois anos. Apareço quando der.  E que venham coisas novas e ótimas para cada um de vocês.

Xoxo.

Minhas Capas Favoritas

Desde que me apaixonei por ler, aprendi muita coisa, não só a conhecer e abrir meus olhos para outras histórias, personagens e etc. Mas também a apreciar muito bem as capas de cada um deles. Lembro exatamente quando comecei a frequentar a biblioteca da cidade eu sentia prazer em passar as mãos em cada um dos livros, sentir a textura deles, ver cada coisa que eu poderia absorver das capas e veja só? Isso não passou, só se ficou mais tarde.

Para quem não sabe, a capa de um livro não é tão simples assim. Digo literalmente, afinal, algumas capas são tão simples que chegam a ser classificadas "bobas", mas após passar algumas páginas sua visão pode mudar totalmente, e isso eu adoro. Algumas capas podem ser complexas e o conteúdo ruim, e assim vai. Por isso, resolvi dar uma olhada na minha estante e selecionar para vocês, as minhas capas favoritas. Com história legal e uma capa mais legal ainda. O que acham? 

 ♡Cidade dos Ossos - Cassandra Clare (Os Instrumentos Mortais):
- Logo que eu descobri a série de livros eu me apaixonei pela sinopse, pelo filme que embora tenha sido bem diferente do que eu imaginava, é bom, mas o livro com toda certeza é bem melhor. A Capa de Cidade dos Ossos aparentemente é simples para quem nunca à viu de perto, ela simplesmente brilha. Isso mesmo, tem muitos pontos que dependendo do lado em que você vira o livro, ele brilha bastante, e eu me apaixonei por isso desde o começo. Essa é a capa original, para quem não sabe, saiu de circulação faz alguns meses por conta de reclamações vindas de leitores homens. Se você não viu ou não entende o que eu quero dizer sobre o brilho delas, veja a foto que eu tirei clicando aqui.

♡Anjo Mecânico - Cassandra Clare (As Peças Infernais):
- Também é da mesma autora e é pelo mesmo motivo. O brilho dela.

♡Fallen - Lauren Kate:
- Eu não consegui terminar de ler Fallen, mas ganhei um breve resumo sobre o livro em um todo e acabei dando uma desanimada básica. A capa é fosca, e com essa garota na frente de vestido magnífico que dá um "tchã". É uma das minhas capas favoritas também.

♡Despertar - Amanda Hocking:
- Mais uma capa para você pensar, nossa, que simples. Só que não meus amigos leitores. A capa é toda preenchida por glitter. Isso mesmo, ela brilha, independente da forma que vire, ela é recheada de glitter na frente e atrás e eu me apaixonei quando vi isso, passei horas esfregando a mão.

♡Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins:
- Stephanie Perkins não é só a minha autora favorita, mas tem seu livro que me fez gostar dela e querer pro mais. Não sou muito fã de livros que já deixam uma visão SOBRE os personagens. No caso, eu gosto de imaginá-los da minha forma, não vendo a capa e já sabendo como eles são..é meio desanimador. Mas este mereceu uma capa como essa, e é a minha preferida de todas!! Apaixonante.

♡O Resgate do Tigre - Collen Houck (A Maldição do Tigre):
- Sou fã da autora Collen Houck também e apaixonada por TODAS as capas da série "A Maldição do Tigre". Tem uma coisa diferente nelas, que a gente absorve. Não é só a beleza, mas a estatística dela é belíssima.

♡Firelight - Sophie Jordan:
- O livro é bem pequeno, curto para ser mais exata. Simples para quem não a viu de perto, mais os olhos tem relevo. Quando se passa o dedo tem-se a sensação de escama ou da pele de um draki.

♡ Quando eu era Joe - Keren David:
- E por fim, Keren. Eu ganhei uns posters da Editora Novo Conceito e coloquei três deles na parede da cabeceira da minha cama. Uma das minhas tias ficou apaixonada pela capa de Quando eu era Joe. Ela é simples e sofre o mesmo processo de Lola, por mostrar o personagem e não nos dar a chance de imaginá-los. Mas ainda assim é perfeita! Como a capa do segundo livro da série também, que ainda não foi traduzida.

É isso ai pessoas. Estas são as minhas capas preferidas, e espero que tenham curtido. E vocês? Quais capas são as preferidas de vocês? :)

Meus 3 canais preferidos sobre "culinária".

Sim, sou fanática por comida. Não só pela arte de comer, degustar e etc. É pelo simples fato de sentir prazer em fazer, aprender e ensinar também. E é isso que eu percebo todas as vezes em que eu conheço um canal de culinária novo e me vejo anotando as receitas no meu caderno para fazer um dia, quem sabe. Para quem não se lembra, fiz um post indicando o "Ana Maria Brogui" já fazia alguns meses. Mas desta vez o post vai ser diferente. Selecionei três canais que eu assisto com frequência, tirando o Brogui é claro que já foi citado. Eles são conhecidos, e tem uma variedade enorme de receitas que se você, assim como eu é meio estabanada, mas quer tentar fazer algo diferente e ter o prazer de dizer "Eu quem fiz". Conheça-os também. 

Rolê Gourmet: Eu sou apaixonada por esse canal e eu tento não perder um vídeo novo deles se possível. Se eu não puder assistir naquela semana vejo no final de semana a noite e esta tudo resolvido. Porque vale a pena ver e ouvir o PC Siqueira e Otávio juntos, bebendo, se divertindo e criando seus pratos, suas bebidas, que muitas vezes pode não dar certo, mas eles não se importam e esse é o diferencial, porque eles aprontam demais, e são engraçados e tornam a arte de "cozinhar" até mais simples do que você imagina. Porque eles são foda e pronto! u.u Quebram um pouco aquele clima tenso, e é um dos canais que eu mais recomendo, divertido e inteligente. Ah, e útil.

Vai Comer O Quê: É um canal que eu conheci por acaso, na verdade não me lembro muito quando cheguei a conhecer seus vídeos. Mas tem receitas legais, inclusive algumas de bolo e doces que eu já fiz em casa, deu certo e eu conquistei fãs..uhul.

Made In Jpn: Conheci por acaso também, procurando Naked Cake pra tentar fazer em casa e mesmo não encontrando, achei outras receitas super legais, indo de diversos níveis e se você gosta de cozinhar, tentar e fazer os outros experimentarem, é uma boa chance. Além do mais no canal temos vídeos de diversas outras coisas sem ser de culinária, mas também mostrando a vida no Japão, o dia-a-dia e etc.

E é isso ai, espero que tenham gostado e conheçam os canais citados ai de cima. Recomendo mesmo! ^^

#Resenha: Perto de Você - Bella Andre.

Oi, você. Essa resenha foi feita por mim, Tainá e espero que gostem. "Perto de você" faz parte dos livros de março. E eu sei, estou atrasada com a minha leitura mas estou tentando recompensar vocês o mais rápido possível com livros bons, e também, resenhas de uma boa qualidade pelo menos.  Espero que gostem da resenha. :)
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
Autores: Bella Andre | Titulo: Perto de Você ISBN: 9788581633893
Selo: Novo Conceito | Ano: 2014 | Número de páginas: 352
Assuntos: FICÇÃO / ROMANCE 
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

❝Sinopse:A estrela de cinema Smith Sullivan não pode permitir nenhuma distração. Ele está apostando sua reputação inteira em seu novo filme... mas ele não pode parar de pensar em Valentina Landon e o fogo ardente que ele vê logo abaixo da superfície. Valentina não é avessa ao prazer sensual, ou mesmo com a ideia de encontrar o amor verdadeiro, mas, como um gerente de negócios de Hollywood, ela assistiu a muitas mulheres inteligentes cair para atores... só para ser rasgado quando o conto de fadas chega ao seu fim inevitável. Mas quando semanas intensas juntos no set transformam sua atração aquecida em brasa chamas da paixão, Smith sabe que ele tem que encontrar uma maneira de convencer Valentina a deixá-lo ficar um pouco mais perto. Perto o suficiente para completamente roubar seu coração... do jeito que ela roubou o seu desde o início.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  
BOOKTRAILER: Clique Aqui
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  

Se você assim como eu, acompanhou a saga dos Irmãos Sullivan, deve se lembrar que na minha última resenha, citei que faltava dois irmãos ainda, "Mazinha" e o Smith, ambos ainda solteirões em meio a uma família de apaixonados, e que a cada vez que temos a presença de um deles, só a vemos crescer mais e mais. Desta vez contamos com a história de Smith, estrela de cinema, e conhecido no mundo todo, não só pela sua beleza exuberante, mas como é taxado por todos e criticado pela forma com que tem breves relacionamentos, mas nada firme com ninguém. O que a maioria não sabe é que ele faz isso por necessidade, por ser homem, e por não ter encontrado a mulher certa que entendesse como a sua vida é difícil, ser o holofote quando se vai em um lugar público, e que esteja com ele não pela fama ou para sair em uma capa de revista conhecida como "a mulher que esta com Smith, atual astro do cinema".

Atualmente ele grava um filme próprio, com seu roteiro, personagens escolhidos a dele, em principal, Tatiana, irmã de Valentina. Que sempre esta ao lado da irmã tentando ajudá-la e auxiliá-la em um mundo repleto de fama, dinheiro, críticas, e sucesso. Valetina Landon sabe exatamente como é essa vida, desistiu de tudo pra ficar ao lado da irmã, sendo a mais velha, poderia passar a ela toda a sua experiência e ensiná-la uma única coisa e regra fixa de ambas: Não ter relacionamento algum com nenhum diretor de filme.

É claro que você lendo deve estar pensando, como assim? Eu sei, também achei ser a maior estupidez possível, mas ela tem sua cota encerrada no quesito relacionamentos, no caso, envolvendo a mãe que perdeu o marido cedo, e partiu ter relacionamentos breves, com adolescentes, mais velhos, meia idade e tudo. Resumindo, se fosse ator, diretor ou algo do tipo, ela estava em cima, e sua filha via com os próprios olhos aquilo e sofria, por se tornar mãe da própria irmã, que parece levar tudo numa tranquilidade incrível, enquanto Valentina, não aceita isso, e acha a maior estupidez do mundo, a mãe ser daquele jeito. 

No início é difícil imaginar que algo acontecerá entre Smith Sullivan e Valentina, uma mulher forte, determinada e que sabe bem o que quer. Esta sempre no nível profissional no máximo, e isso me causa inverja pela determinação em não sair em tentação se tratando de um membro Sullivan, sempre atiçando a imaginação das mulheres, inclusive a dela. Enquanto Smith, jamais imaginou se sentir atraído por uma mulher do tipo de Val. Mas seu jeito, suas atitudes e com o passar do tempo, eles percebem que precisam um do outro, e a pergunta que não quer calar. Valentina tirou da cabeça a ideia de que não poderá se relacionar com ninguém do ramo da fama? Deixou-se levar por essa paixão intensa e que só vai ficando intensa a cada dia mais? 

"Perto de Você" é da autora Bella Andre, que pelo visto tem uma imaginação incrível para criar personagens tão construtivos e importantes no livro. Mas que nos deixa de queixo caído quando se trata de descrição sexual. Só para deixar bem claro este livro tem alto teor erótico, e não querendo insinuar nada, mas para quem não leu nenhum livro da autora, leia desde o primeiro da série para não só entender, mas conhecer melhor essa família intensa e apaixonante. 

Esta certo que este livro não foi meu preferido e nem chega aos pés de Sophie, a irmã gêmea conhecida como "Boazinha". Que me conquistou pelo seu jeito, e por gostar de livros tanto quanto os outros irmãos. Engraçado perceber como cada um deles são tão diferentes mas ao mesmo tempo....perfeitos. Não posso cuspir pra cima se tratando de "Perto de Você". Já que da última vez em que li um dos livros da série, reclamei pelo livro ter trazido tudo de uma única vez e ter deixado a desejar, mas desta vez as coisas enrolaram um pouco mais e pra minha surpresa, uma enrolação exata e que veio a calhar.

Valentina não foi uma das melhores personagens criadas, não sei porque mas não gostei do seu jeito "água-com-açúcar" de ser. Faltou um pouco mais de pimenta, comunicação, sexo. Deveria ter ficado mais igualado. Em especial, gostei de Tatiana, mesmo ela não sendo uma personagem principal, sendo apenas um personagem secundário marcado em alguns trechos por trabalhar com Smith em um filme. Gostei mais dela do que com a irmã e acreditem, queria mais detalhes sobre ela e esperava algum romance, briga entre irmãs pelo Smith, mas foi tudo tão...normal. Não sei bem como explicar, mas faltou algo, só que também não foi um livro ruim. Por isso, caso queiram ler um livro em uma tarde preguiçosa sentado em uma cadeira no meio da sala, numa rede ou em uma viagem, fiquem à vontade.

Além de ser uma leitura rápida, de nível considerado médio em teor de conteúdo eu recomendo. Livro todo narrado em terceira pessoa, coisa que eu também percebi uma grande diferença. Já que nos livros anteriores a autora costumava colocar em cada novo capítulo a descrição de um personagem. Neste, veio tudo misturado e separado por desenhos pequenos, que às vezes me pegava de jeito, me deixando confusa mas logo pegando o ritmo da leitura novamente. Ah, e já ia me esquecendo. Além da história de Smith e Valentina, a autora introduziu uma história de amor muito bonitinha, no caso, alguns trechos do filme que Smith e Tatiana estavam protagonizando, Jo e Graham. Com descrições para lá de legais e que marcou mais um ponto na minha leitura e me fez querer ver esse filme na vida real.

Mais uma vez, Bella Andre nos mostrando como é forte o amor entre a família Sullivan.

Se você não leu os livros anteriores e nem mesmo as resenhas dos que eu li, basta seguir a lista aqui debaixo:

1.Um Olhar de Amor: Chase & Chloe (2011).
2.Por um momento apenas: Marcus & Nicola (2011).
3.Não Posso me apaixonar: Gabe & Megan (2011).
4.Só Tenho olhos para você: Sophie & Jake (2013).
5.Se Você fosse minha: Zach & Heather (2013).
6.Quero Ser Seu: Ryan & Vicki (2013)
7. Perto de Você : Smith & Valentina (2014)
8. (?) : Lori & (?) 

Nota Final:

#Caixa de Correio 19

E quem diria que estamos com o pézinho na caixa de correio de número vinte? Contando com algumas que foram perdidas logo no começo do blog que eu não encontrei de forma alguma. Sempre que eu posto o que chegou ei fico feliz, não só de mostrar os livros novos que chegaram, mas suas capas, e outros adereços que muitas vezes acompanham os livros. Este mês fevereiro e março foi um pouco mais cheio do que esperava, não só pelo carnaval mas pela minha falta de ânimo para ler, só que estou voltando com tudo e logo vocês terão resenhas novas por aqui, beleza?

Além do mais, este mês eu fiz duas trocas de livro, uma pelo skoob e outro com uma prima minha e eu quero mostrar para vocês meus dois novos bebês. Vamos lá?

De Editora:

 O Fogo - James Patterson Livro 03
❤ Quando Tudo Volta - John Corey Whaley
❤ Filha do Louco - Megan Shepherd
❤ Fênix: A Ilha - John Dixon
❤ O Começo de Tudo - Robyn Schneider
❤ O Código do Apocalipse - Adam Blake Livro 02
❤ Perto de você - Bella Andre Livro 07
❤ Arrabal e A Noiva do Capitão - Marisa Ferrari
❤ As Gêmeas - Saskia Sarginson

De Trocas:
❤ Cidade das Cinzas - Cassandra Clare
Anjo Mecânico - Cassandra Clare

Sim, quero completar até o final do ano a minha coleção de livros da série "Os Instrumentos Mortais" e "As Peças Infernais" e quero ler cada um deles com calma e sem pressão alguma porque comecei a ler e acabei 'viajando' total no livro por falta de atenção e por estar lendo outros. Enfim, é isso. As fotos foram tiradas pelo celular, por isso a qualidade da imagem e prometo atualizar o post com imagem melhor e de cada livro. :) E se você ainda não me adicionou no skoob, seja meu amiguinho ou um seguidor meu: ~thai